Final feliz – Projeto Pai da noiva

Por  |  0 Comentários


Nenhum casamento é comum, todos eles envolvem, além do maior sonho da vida de uma mulher, dedicação e muita expectativa. Poucos, porém, ganharam a proporção pública espontânea que o casamento entre Alexandre e Luna ganhou. Tudo devido a um outro personagem importantíssimo no enredo dos contos de fada – o pai da noiva – e uma tal rede social que vem dominando o mundo, o Instagram. Além de mobilizarem milhares de pessoas na internet em torno da sua história, eles protagonizaram um final muito feliz.

A história completa do projeto Pai da Noiva nós contamos no post anterior, dizendo como Marcelo Berbert (o pai) prometeu à filha trocar a vida sedentária e os seus 111 quilos por uma rotina totalmente saudável e com 21 quilos a menos na balança até o dia de levá-la ao altar. Foi tudo documentado, principalmente pela internet, mas também em programas como o Mais Você, de Ana Maria Braga.

Coroa de flor-Cerimônia-Casamento no CampoSim, o pai da noiva conseguiu cumprir com o prometido, e no dia 10 de agosto de 2013 estava na Fazenda do Serrote, em Santo Antônio do Aventureiro (MG), a 210 quilômetros do Rio, para levar Luna até Alexandre. Por isso, esse post começa para contar o final da história e os detalhes do motivo de tudo isso: o casamento em si.

O romance do casal envolve todos os ingredientes imprescindíveis: paixão avassaladora, decisões, surpresas, família e promessas… Com apenas quatro meses de namoro eles decidiram morar juntos e, no dia da entrega da chave do apartamento, em um jantar comemorativo, Alê (como é carinhosamente chamado por Luna), programou o pedido de casamento surpresa com direito à presença da família dele, que mora toda fora do Rio de Janeiro.

Noivos-Luna e Alexandre-Casamento no Campo

Os mais de 20 mil seguidores do Instagram já tiravam conclusões sobre a personalidade forte de Luna. Afinal, além de manter a rede social atualizada diariamente com o treinamento e a alimentação do pai, ela também mostrava lances da sua rotina de trabalho e muita – eu disse muita – dedicação aos esportes, desde corrida até o surfe. Mas, e o casamento? Afinal, enquanto tudo isso acontecia, começava também a contagem regressiva para o grande dia.

Convite de casamento-Luna e Ale-Casamento no Campo Vestido de noiva para casamento no campoTraje de noiva para casamento no campoPois saibam que, além de tudo, foi a própria Luna quem organizou cada detalhe da festa. Não estamos falando de tomar decisões ou ter ideias posteriormente executadas por terceiros, não. A filha do Pai da Noiva realizou de um tudo para que as coisas ficassem do jeitinho dela: “Toda a ornamentação do convite foi feita por mim. Comprei as caixas, montei uma por uma, preenchi com a palha seca, cortei todos os lacinhos, dobrei as rendas…”, contou ela.

Cada caixinha tinha um perfume de alecrim, que Luna também fez questão de colocar em todos os quartos da fazenda, onde os 130 convidados ficaram hospedados. Também foi Luna quem organizou toda a logística que incluiu os três ônibus que saíram do Rio e levaram a todos rumo a MG.

Alecrim, alecrim dourado, que nasceu no campo…

Altar-Casamento no Campo

E já com o perfume do alecrim na memória de cada um dos convidados, com a ajuda de Mariângela Monteiro, Luna trabalhou na organização do seu casamento até às 13 horas da tarde do dia 10 de agosto, 120 minutos antes de caminhar com o seu pai até o altar. Lá, onde Alexandre a esperou depois de adentrar o ambiente montado em um cavalo, como um verdadeiro príncipe, a noiva fez questão de colocar a pomba de madeira do Espírito Santo que fica na casa da sua mãe, além de duas estrelas com os nomes de Marino e Fabiano, irmãos de Luna e Alexandre, respectivamente, já falecidos.

Noivo-Entrada a cavalo-Casamento no campo
Apesar da cerimônia ter sido ao ar livre, a noiva instalou em frente à passarela uma porta de madeira, por onde passou o cortejo e que, para ela, foi aberta pelos queridos padrinhos de batismo, Patricia e Francisco. Mas quem organizou tudo isso? Também foi Luna, que no dia contou o passo a passo do cerimonial para uma amiga superorganizada, que assumiu o comando.

Altar com porta de madeira-Casamento no CampoNoivos-Casamento no CampoCerimônia ao ar livre-Casamento Luna e AleTraje para casamento ao ar livreEra muita emoção, mas quem mais chorou foi, sem dúvidas, o Pai da Noiva. Depois de três meses dedicados única e exclusivamente àquele momento, Marcelo estava finalmente de braços dados com a sua menina, a levando ao futuro marido com 21 quilos a menos. As trocas de olhares entre pai e filha transmitiam cumplicidade e orgulho.

Projeto Pai da Noiva A festa rolou até tarde da noite, com bufê totalmente mineiro, inspirado na região. O paizão se esbaldou e não pensou na dieta nem por um minuto sequer. Era hora de comemorar! E passado tudo isso, como está a vida de Marcelo, que já não é mais o Pai da Noiva? Aos milhares de internautas ele explicou que pretende continuar cuidando da saúde, mas disse que precisava de um tempo. Por enquanto, mudou o nome do seu perfil para O Diário Provisório (@odiarioprovisorio) e já instaurou nova meta. Mas isso é uma outra história…

Noivos-Padrinhos e Madrinhas-Casamento no campo Padrinhos com a noiva-Casamento no campo Vestido de noiva para casamento no campo Santo Antônio para casamento Noivos Luna e Alexandre

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Comunicar é a sua arte, talvez único talento nato. Dança, conversa, faz gestos, mas na escrita encontra o seu porto seguro. Geminiana com ascendente em aquário, acredita piamente em astrologia, disco voador e alma gêmea – já encontrou a sua, com quem está casada desde 2011. É capixaba, mas vive um relacionamento sério com o Rio de Janeiro...