Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

Network entre profissionais: 5 cases de sucesso

Por  |  0 Comentários


Texto Amanda Reis e Giovanna Lisboa

Com 30 anos de carreira, o cerimonialista explicou como o trabalho em equipe reflete em todos os segmentos da festa

Não cansamos de dizer que o casamento deve ter a cara dos noivos. E, para que o DNA dos anfitriões esteja presente nos mínimos detalhes, a parceria dos profissionais envolvidos precisa funcionar mais do que nunca. No primeiro curso da Academia Inesquecível, Checklist – Consultoria Maestro com Fórmula de Ação e Sucesso, Roberto Cohen mostrou como fazer um casamento personalizado.

Com reuniões que duram no mínimo duas horas, o cerimonialista se superou e explicou em cerca de 20 minutos o processo de criação do casamento de Maria Catarina Ahrends (já postamos aqui, lembra?). Para ter uma ideia, cerimônia e recepção ocorreram na fazenda centenária da família da noiva, era muita história para contar! O objetivo foi mostrar – na prática – como lidar com os fornecedores da festa e formar parcerias duradouras, que vão trazer o melhor para o cliente e para o desenvolvimento do trabalho. Verdade seja dita: ninguém consegue fazer nada sozinho, um depende do outro.

EPIFANIA EM GRUPO (cerimonial + decorador + designer de convites)

“A primeira vez que o decorador Antonio W. Neves da Rocha e eu vimos a entrada da Fazenda Retiro já tínhamos a certeza de qual seria a identidade visual da festa. O caminho de palmeiras era tão impactante que virou tema. Levamos as fotos para a designer, que desenhou a paisagem nos convites e na papelaria do casamento”, contou Cohen.

cerimonial-casamento-no-campo-fazenda-foto-studio-laura-campanella

O menu não ficou de fora e ainda cumpriu o papel de porta-guardanapo finalizando a decoração.

cerimonial-menu-casamento-foto-studio-laura-campanella

Já o missal foi inspirado nas flores que encontramos no jardim da fazenda.

identidade-visual-missal-foto-studio-laura-campanella

TRÊS CABEÇAS PENSAM MELHOR DO QUE UMA (cerimonial + decorador + estrutura)

“Não queríamos interferir na fachada centenária da fazenda. Durante a visita na técnica, o Antonio teve a ideia de construir um toldo na área externa, sem comprometer a arquitetura da casa.” Trabalhar diretamente com os outros profissionais e trocar informações durante o evento favorece a todos (fornecedores e clientes) e ainda deixa todos mais alinhados para o dia da festa.

cerimonial-casamento-no-campo-toldo-foto-studio-laura-campanella

PARA SABOREAR COM OS OLHOS E A BOCA (cerimonial + bufê + decorador)

“Ainda apostando na tradição, o welcome drink do casamento foi composto por duas mesas longas, posicionadas no jardim, para lembrar os banquetes antigos. Antonio usou os objetos da própria fazenda, o que deixou tudo ainda mais autentico”, explica Cohen. É claro, que o bufê deu uma mãozinha com os sabores típicos da fazenda. Acreditem, só a mesa de doces pode envolver 10 profissionais diferentes! Parece muito? Em média, um casamento tem no mínimo 40! Portanto, o trabalho em equipe é fundamental, ainda mais para o cerimonial, que lida com todos esse setores.

cerimonial-welcome-drink-foto-studio-laura-campanella

CARONA AMIGA (cerimonial + maquiagem)

A Fazenda Retiro fica em Três Rios, a duas horas de distância do Rio de Janeiro. Para facilitar a vida da noiva, Cohen levou os maquiadores junto com a equipe dele. “Eu tinha uma van com 15 lugares para levar 8 recepcionistas, não custava nada ajudar”, contou. Se não vai dar prejuízo e ainda ajuda no network, por que não?! Técnicas do universo corporativo também podem (e devem) ir para o mundo wedding.

cerimonial-making-of-noiva-foto-studio-laura-campanella

UMA IMAGEM FALA MAIS QUE MIL PALAVRAS (cerimonial + foto)

“Não adianta eu fazer um casamento incrível, se as fotos não forem boas. Ele não vai bombar nas redes sociais”, alertou Cohen. Ter um bom registro do grande dia não é importante só para os noivos, mas para os profissionais envolvidos na produção. As fotos são uma forma de divulgar seu trabalho e hoje em dia, quem não é visto não é lembrado.

cerimonial-fotografia-casamento-no-campo-foto-studio-laura-campanella

TOP 5 DICAS DE MESTRE POR ROBERTO COHEN

1. “Passe tranquilidade para as noivas e também para os fornecedores. Isso acontece com postura profissional, organização e comprometimento.”

2.  “Visita técnica é fundamental e indispensável. Ela deve acontecer de preferência no horário escolhido para a festa e cerimônia, se possível com um ano de antecedência”

3. “Eu sempre faço um cronograma completo da festa e distribuo para todos os profissionais da festa. Ajuda a alinhar os horários  e deixa todos cientes do que vai acontecer a cada momento.”

4. “Às vezes você tem que ser chato, mas faz parte da sua tarefa. Já tive que pedir para parar a música e suspender os garçons para os convidados irem do welcome drink para a cerimônia”

5. “O essencial é invisível aos olhos: ninguém vai elogiar se a iluminação estiver linda, mas se a luz acabar, vai ouvir reclamações. Por isso, pense nos detalhes e antecipe os possíveis imprevistos”


CRÉDITOS

1. Aszmann | 2 a 8. Studio Laura Campanella

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr