Baixe
GRÁTIS
o seu
eBook!
x

De mini apenas o nome

Por  |  0 Comentários



Desfilar de branco no tapete vermelho e receber os convidados em uma grande comemoração não é, necessariamente, o desejo de toda noiva. Muitos casais modernos têm optado por celebrações menores, deixando de lado as superproduções e personalizando com criatividade cada detalhe. Tudo isso para apostar em uma festa sintonizada ao seu astral e jeito de ver o mundo. Assim, os miniweddings prometem fazer a cabeça de quem tem o perfil mais despojado, menos tradicional e, por que não, alternativo.

Banner-casamento-civil

Esqueça formalidades, pistas lotadas e decorações luxuosas caso decida aderi-lo. Sua essência está na simplicidade e no jeitinho tranquilo de quem sabe receber em casa. Com uma lista restrita a no máximo 100 convidados, a expectativa de amigos e familiares aumenta diante disso e os anfitriões têm a oportunidade de oferecer um alto padrão de qualidade, com excelente gastronomia, boa música e uma experiência inusitada em lugares com belezas naturais.

……………………………………………………….♥……………………………………………………….JULIANA-E-FABIO-INESQUECIVEL-3153-640x246

Por que optar por um miniwedding?

Quando a advogada Fernanda Gallucci, 28, começou a fazer sua lista de casamento, ela logo diagnosticou o que não queria: dividir seu grande dia com pessoas nada íntimas que seriam convidadas apenas por formalidades. “No final, resolvi considerar quem realmente fazia parte da minha história de amor, conviveu com a gente e estava feliz, de verdade, por dividir o momento conosco”, enfatiza. Após a corajosa decisão de uma lista com pessoas verdadeiramente próximas, a ideia do miniwedding permeava os sonhos da noiva. E então, ela decidiu fazer da casa da sogra o abrigo de toda a magia vivenciada pelo casal. Quando os preparativos começaram de fato, Fernanda pensava que tudo seria mais simples e rápido, porém, se deparou com os mesmos detalhes de uma grande festa em outras proporções. A festa foi maravilhosa e a noiva afirma com todas as letras que não se arrepende da escolha.

miniwedding

……………………………………………………….♥……………………………………………………….
JULIANA-E-FABIO-INESQUECIVEL-7610-640x248Para o mini, tudo!

Aliar o estilo da festa ao horário e ao local é o primeiro passo. Feito isso, é hora de pensar na decoração e em qual “cara” os noivos querem dar à festa. Usar porta-retratos e objetos que demonstrem o costume e a cultura da família é válido para envolver os convidados e lembrá-los de momentos que passaram juntos. Para a decoradora Ana Romero, os miniweddings são informais, com muitas flores coloridas e mimos que expressem as preferências dos noivos. “O casal não deve ter medo da reação dos convidados em relação as suas escolhas. Se tudo for feito por bons profissionais, todos vão olhar com carinho cada detalhe”, garante. Mas para isso, tudo deve ser bem estudado, porque por menor e mais simples que seja, a comemoração não pode parecer econômica.

miniwedding 2 ……………………………………………………….♥……………………………………………………….
JULIANA-E-FABIO-INESQUECIVEL-3162-640x295Tempero a gosto

A expressão é clara! Quem convida dá banquete! E mais do que nunca, ela deve ser seguida à risca quando o assunto é miniwedding. De acordo com o chef Marcelo Sampaio, a gastronomia também precisa ter o tempero dos noivos e as opções preferidas de seus convidados. “Adoro servir nesse tipo evento receitas da própria família. Não dá para ser formal ao extremo, nem servir pratos estranhos ao paladar de todos, pois acaba perdendo o real sentido do miniwedding. Toques de culturas influentes na vida do casal são sempre bem-vindos, havendo equilíbrio tudo é permitido! Um prato típico dá um charme ao cardápio”, acrescenta. Se houver convidados veganos e diabéticos, elabore um menu apropriado especialmente para servi-los.

Banner-miniwedding-castelo-do-batel

miniwedding 3……………………………………………………….♥……………………………………………………….
JULIANA-E-FABIO-INESQUECIVEL-3117-640x276Nos mínimos detalhes

Além das lembranças é possível (e deve-se, diga-se de passagem) personalizar o cardápio, a setorização dos lugares e inúmeros detalhes da decoração. Portanto, o toque da noiva essencial! Use particularidades que a identifique e minúcias em que os convidados olhem e digam “isso é a cara dela!”. Vá além das caixinhas de toilletes onde remédios, sabonetes e outros itens trazem monogramas. Um conselho superválido da Relevo Araújo é usar frases e poesias que o casal adora. Para surpreender, a dica de Camila Golin é fugir das tags tradicionais e partir para personalizações criativas com mixes de estampas, dando um ar mais charmoso e exclusivo às produções. “Um mimo no quarto do hotel dos convidados é um simples gesto que vai agradá-los e mostrar o quanto são queridos. Qualquer lembrancinha fica mais elegante com a identidade visual condizente à decoração”.


miniwedding 4
……………………………………………………….♥……………………………………………………….
JULIANA-E-FABIO-INESQUECIVEL-3198-640x266Onde fazer?

Caso os noivos não tenham uma casa de família para realizar a festa, há cantinhos supercharmosos para esse tipo de recepção. De pequenos salões a restaurantes especializados em miniwedding, o ideal é optar por espaços bem distribuídos, com o ponto de bufê longe dos toilettes e a entrada de convidados reservada a eles. Ana Romero salientou que a capacidade do lugar deve ser suficiente para o número total de pessoas. “Nada de acumular gente ou não oferecer lugar para todos se sentarem! É legal pensar em ambientes com iluminação natural para casamentos durante o dia e em estruturas com luzes, como uma cortina de velas, para cerimônias a noite”.

…………………………………………..………….♥……………………………..………………………….

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

Jornalista mineira, dona de uma coleção de sonhos e apaixonada pelo o que é leve. Nunca subiu ao altar, mas nutre a certeza de chegar lá com seu amor da vida. Adora combinar palavras para contar histórias e assume ter uma queda por casamentos ao ar livre.