Baixe
aqui
seu
E-BOOK
x

DJ de casamento: Cuidado com as pegadinhas do contrato!

Por  |  0 Comentários



Horas extra, aluguel de equipamentos, valor do cachê… Descubra todos os detalhes sobre a contratação do Dj de casamento para escolher realmente o melhor profissional para a sua festa!

Houve uma época que o mercado era informal, mas aos poucos isso foi mudando e hoje todos os profissionais de ponta tem um contrato de trabalho. É uma segurança para quem contrata e também para quem é contratado. Principalmente para os profissionais chamados “do dia”, aqueles que farão um atendimento personalizado, como: DJ, fotógrafo e maquiador. Mas, é importante ter muita atenção com alguns pontos antes de assinar o contrato. Hora extra, luz de pista, eventos com necessidade de passagens aéreas, hospedagem, transporte… e, a nova moda, locação de equipamentos.

Com a chegada da crise, alguns profissionais buscaram maneiras criativas de atender seus clientes. Uma delas foi dividir o valor da proposta em dois: cachê do DJ e locação dos equipamentos. Alguns DJs optaram por não investir em equipamentos ou simplesmente preferem terceirizar a contratação. Mas não é esse o caso, estou falando dos profissionais que já tem o equipamento e mesmo assim cobram pelo aluguel. Assim, a proposta fica com um valor considerado “fixo”, que é o aluguel do próprio equipamento e uma parte que poderia ser “negociada”, que é o valor do cachê.

quarto-de-dj-como-organizar-equipamentos-foto-Danielle-Medeiros

Outro ponto muito importante e que merece uma atenção toda especial é o pagamento de extras. Quando a noiva recebe a proposta, se encanta pelo valor cobrado e, na empolgação, acaba fechando a contratação do DJ. Depois, começa a ler a proposta com ajuda da calculadora e quando soma o valor de cada hora extra… valor do equipamento extra… valor da luz de pista… o valor final da proposta fica bem mais alto do que o previsto.

Com a moda do Destination Wedding, todo cuidado é pouco. Como os eventos acontecem em  outros estados ou países algumas despesas importantes precisam constar no contrato. Passagens aéreas, hospedagem, transporte, alimentação básica e equipamentos de som/luz. Até excesso de peso na bagagem pode fazer parte da proposta. Contratar um DJ com experiência nesse tipo de evento faz toda a diferença e evita surpresas desagradáveis de última hora.

Espero que essas pequenas dicas possam ajudá-la na hora de definir a contratação do seu DJ. Boa festa!


CRÉDITO: 1. Reprodução | 2. Danielle Medeiros

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this pageBuffer this pageDigg thisShare on RedditShare on Tumblr


avatar

DJ expert há 30 anos e pai de três filhos, ele dividiu sua experiência no livro Histórias Inesquecíveis de Casamentos, onde conta casos inacreditáveis e prova todo seu profissionalismo. Respira música e mistura seu feeling com arte, já que é formado em Design e pós-graduado em Marketing. Suas maiores paixões? Filhos e música. Adora scuba diving!